8 erros a evitar quando começa uma dieta

Erros que comete quando começa uma dieta. Alimentação saudável. Dieta Coerente
Pensa que está a fazer tudo certo e, quando chega à balança, a surpresa vem: engordou! E surgem dúvidas: mas o que estou a fazer de errado? Se eu mal como! Estou a privar-me de tudo e este é o resultado? Neste post, vamos ajudá-lo a detetar os erros que comete na dieta e que estão a fazer engordar.

1- Come desordenadamente

Certamente já caiu no pensamento “perdido por 100 perdido por 1000", ou já comeu algo que queria muito, ficou com remorsos e pensou que o melhor seria não comer nada na refeição seguinte para “compensar" ou até já saltou o pequeno-almoço porque estava atrasado para o trabalho. Estes maus hábitos são os culpados por ganhar peso sem se perceber. 
 
Para começar deve tomar o pequeno-almoço na primeira hora depois de acordar e não se esqueça de adicionar proteína! Durante o dia deve fazer 2 lanches e três refeições principais, entre elas não devem passar mais de 4 horas. Esqueça o jejum prolongado, o mais provável é que na refeição seguinte coma mais do que deve e assim estrague todo o esforço que teve até aquele momento.
 

2- As suas refeições são desequilibradas

Para que os seus pratos sejam equilibrados devem conter hidratos de carbono, proteínas e gorduras favoráveis. Uma forma simples e visual é seguir-se pela regra do prato da Dieta Coerente, assim poderá saber se está a fazer bem as suas refeições, em termos de quantidade dos alimentos e na escolha dos melhores alimentos.

 

3- Erros na combinação dos alimentos

Um dos erros mais comuns é misturar na mesma refeição diferentes fontes de hidratos de carbono. Deve escolher entre comer pão, arroz, massa ou cuscuz etc., pois se optar por misturá-los estará a multiplicar os seus efeitos sobre a insulina favorecendo o armazenamento de gordura corporal.

4-Lanchar apenas fruta

Não é conveniente comer apenas frutas pois desta forma ativa-se a hormona insulina, favorecendo o aumento do apetite, o peso e a acumulação de gordura corporal. Lembre-se de incluir proteínas e gorduras saudáveis ​​em todos os seus lanches para regular as suas hormonas. As gorduras insaturadas (azeite, frutos secos, abacate, azeitonas), em quantidades moderadas, são saciantes e favorecem a redução do peso e da acumulação de gordura corporal localizada, pelo que são essenciais em qualquer estilo de vida saudável. 
 
É muito comum que não sinta apetite até ao final da tarde, uma vez que os neurotransmissores do stress (adrenalina, noradrenalina, cortisol …) mantêm elevado o nível de alerta e mascaram a ativação da insulina (por ingerir hidratos sem combinar com proteínas, por estar muito tempo em jejum e/ou pelo próprio stress). Assim, quando chega a casa e relaxa, é quando a ansiedade e os transtornos de compulsão alimentar aparecem, o que faz fracassar as dietas mal elaboradas. 
 
Lembre-se de que seguir uma dieta muito baixa em calorias (menos de 1.200 Kcal) favorece a adaptação do metabolismo ao instinto primário de sobrevivência, reduzindo a massa muscular e promovendo a acumulação de gordura. Além disso, quando voltar aos seus hábitos, engordará mais facilmente. 
 

Também são dietas que criam ansiedade e não são compatíveis com a vida social, favorecendo a compulsão alimentar e o ganho de peso no futuro.

 5- Come rapidamente ou distraído/a

 O momento da refeição deve ser especial, pare, relaxe e aproveite esse momento, mesmo que sejam apenas 20 minutos. Sente-se, saboreie a comida e esteja consciente do que está a comer, deixe o telemóvel de lado, tente não assistir TV, não leia enquanto come para que a mente não se disperse; assim evitará comer mais do que o necessário.
 
Erros como correr para comer ou comer rápido fazem com que você mastigue menos do que deveria e, portanto, a digestão será mais complicada. Além disso, a sensação de saciedade leva cerca de 15 a 20 minutos para atingir seu cérebro; portanto, leva pelo menos 20 minutos para comer para evitar ganho de peso.

6- Abusa do sal

O sal faz com que retenha líquidos o que bloqueia a sua possibilidade de emagrecer e também aumenta a pressão arterial. Ir reduzindo o sal, assim como o açúcar, não é muito complicado, pois o paladar pode ser reeducado a estes sabores. Tente substituí-lo por especiarias, alho, cebola, ervas aromáticas … o que dará aos seus pratos muito sabor e torna-os mais saudáveis.

7- É fã de produtos light ou 0%

Tenha muito cuidado com os produtos que prometem que têm menos calorias, eles realmente têm, mas umas batatas fritas são umas batatas fritas, não se engane, sabe muito bem os alimentos que deve evitar e que têm mais calorias, gordura e açúcar. Tente comer alimentos frescos e da época.

8- Bebe pouca água e não se mexe muito

O organismo acumula toxinas que são expelidas pela urina, fezes, pele ou pela respiração. A água ajuda a transportar e a eliminar resíduos metabólicos, entre os quais gorduras. Os refrigerantes não ajudam neste processo, nem mesmo os light. 
 
Lembre-se de que deve fazer algum exercício e passar o dia inteiro como um louco não conta como desporto; pelo contrário, o stress impede de emagrecer e faz com que durma mal, que é outro fator que engorda.
Tente caminhar até ao trabalho, se tiver que usar carro estacione um pouco mais longe, se for de transporte público desça umas paragens antes.
 Corrija os erros que faz na dieta e siga os nossos conselhos, assim conseguirá que todos os seus esforços lhe tragam frutos e, quando subir na balança, ficará feliz!

 

 Pode nos seguir os nossos conselhos, receitas e truques nas nossas redes sociais Facebook,  Instagram ou no nosso canal do YouTube.

×
Consulta de Nutrição Online