Conselhos para ativar as suas defesas

O frio e a chuva chegaram, e se é importante cuidar de si em qualquer época do ano, nestes meses de outono e inverno ainda mais. Saiba que precisa de fortalecer as suas defesas para proteger a sua saúde e poder continuar a viver o seu dia-a-dia da melhor forma. 

Para tal, deixamos-lhe estes 13 truques para ativar as suas defesas e ultrapassar os problemas de saúde associados a esta época do ano, com uma alimentação saudável que garanta a presença de oligoelementos essenciais e hábitos de vida coerentes.

Truques para ativar suas defesas

1-Aposte numa Dieta Coerente, coma cinco ou seis vezes por dia. Em cada refeição deve incluir proteínas, gorduras favoráveis ​​(azeite, abacate, nozes, azeitonas) e hidratos favoráveis ​​(cereais, pão, arroz, batata, frutas ou legumes).

2-Beba um copo de água com 3 gotas de limão com o estômago vazio para estimular o fígado e a vesícula biliar e regular o pH interno, muito acidificado pelo esforço intenso, stress e maus hábitos alimentares.

3-Preste atenção às vitaminas e minerais que ingere, incluindo alimentos frescos e da época para garantir o máximo conteúdo nutricional.

4-A vitamina C ou ácido ascórbico favorece a produção de glóbulos brancos e anticorpos. É muito antioxidante, estimula as suas defesas e promove a absorção de ferro. Garanta a sua ingestão comendo frutas cítricas (laranja, tangerina, toranja, limão) e vegetais como tomate ou brócolos. Lembre-se de não cozinhar demasiado os legumes, porque a vitamina C é destruída pelo calor e se dissolve na água da cozedura. Sendo preferível cozer a vapor.

Vitamina C. Alimentos ricos em vitamina c. Truques para ativar as defesas

5- A vitamina E ou o tocoferol fortalece a resposta imunitária contra agentes patogénicos e é muito antioxidante, devido à sua capacidade de captar oxigénio. Pode obter a partir dos frutos secos e azeite.

Vitamina E. Alimentos ricos em vitamina E. Truques para ativar defesas.

6- A vitamina A (retinol em alimentos de origem animal e carotenos em alimentos de origem vegetal) protege a pele e as mucosas, melhora a visão e ajuda a evitar infeções, principalmente do sistema respiratório, uma vez que fortalece as defesas e renova os tecidos. Também desempenha um papel importante na prevenção do cancro. Está presente em muitos alimentos de cor laranja, vermelho e amarelo, como abóbora e cenoura e alguns vegetais verdes-escuros, fígado, laticínios, ovos, etc.

7- Muito importantes são os microelementos (precisa de menos de 100 mg/dia), mas têm funções muito interessantes para reforçar as suas defesas. O zinco favorece a cicatrização de feridas e é essencial para fabricar leucócitos ou glóbulos brancos, os “soldados" do seu exército de defesas. Ativa mais de 100 enzimas no seu corpo. Tenha cuidado com suplementos de ferro ou fibra, pois reduzem a sua absorção. Encontrará em proteínas de origem animal (carne, peixe, marisco, ostras, fígado, laticínios) cereais integrais e leguminosas.

8- O Ferro está envolvido na formação de células, no transporte de oxigénio, na produção de energia e no sistema imunitário. Encontramos na forma heme de maior absorção (fígado, carne vermelha,morcela, peixe e marisco) e na forma não heme (leguminosas, frutos secos), que precisa de vitamina C ou meio ácido para ser absorvido. A fibra, os taninos do café ou o vinho reduzem a sua absorção. Se tiver baixos níveis de ferro provavelmente sentirá cansaço e estará mais propenso a constipações, gripes e infeções. Devido à sua natureza antioxidante, ajuda a manter jovem e reduz a possibilidade de lesões e o tempo de recuperação.

9-O selénio participa na estrutura de várias enzimas antioxidantes, ajuda a queimar os depósitos de gordura e ativa a glândula tiróide. Ajuda na formação de glóbulos brancos, o seu défice diminui a atividade bactericida e a resposta dos anticorpos. A sua presença nos alimentos depende da qualidade do solo, as suas principais fontes são a castanha do Pará, marisco, peixes do mar, carnes e vísceras.

10-O cobre faz parte de enzimas que participam na formação de proteínas do tecido conjuntivo (colagénio), protege dos radicais livres e melhora o transporte de ferro. A pele e as mucosas são a primeira barreira de defesas, portanto o cobre reduz a incidência de infeções. Aumente o consumo de marisco, fígado, carne, aves, frutos secos e leguminosas.

11-É importante ter um sono reparador. Durma bem, descansar à noite é melhor do que durante o dia, pois facilita os processos fisiológicos de regeneração celular. Um descanso adequado de pelo menos 7 ou 8 horas de sono reparador fará com que recupere a energia, sinta-se vital e as suas defesas estarão mais ativas.

12-Viva com alegria, seja positiv@. Tente viver com alegria, aproveite a parte boa da vida, viva com otimismo e gratidão. Evitará a depressão e o pessimismo que têm efeitos negativos sobre a mente, afetam a sua saúde e o seu rendimento desportivo.

13-Cuidado com o stress, pois em pequenas quantidades é positivo,porque permite um maior esforço e concentração, contudo de forma crónica reduz a vitalidade, energia, tolerância ao esforço e envelhece. Pratique técnicas de relaxamento ou yoga para libertar a tensão do dia-a-dia e o seu corpo funcionará como um relógio!

Se gostou deste post DEIXE-NOS UM COMENTÁRIO, estamos desejosos de poder falar consigo e trocar ideias.

Pode nos seguir os nossos conselhos, receitas e truques nas nossas redes sociais Facebook,  Instagram ou no nosso canal do YouTube.

There is 1 comment

×
Consulta de Nutrição Online