Os métodos para emagrecer que funcionam

Métodos para emagrecer. Emagrecer saudável. Dieta Coerente

Já não sabes o que fazer para perder peso e nem sabes por onde começar? Não te desesperes, vamos te contar os métodos para emagrecer que funcionam. Damos-te truques para manter a tua mente na linha sem que te desanimes e para que os adaptes à tua vida diária, perdendo peso de forma fácil.

 

Os melhores métodos para emagrecer

Dieta saudável e variada. Não às dietas milagrosas

Seguir uma dieta equilibrada é garantia de saúde a longo prazo e além disso ajuda-te a adquirir novos hábitos alimentares que te ajudarão a alcançar e manter o teu peso ideal.

Contar calorias para emagrecer está passado de moda, o truque está em que faças uma correta combinação dos alimentos. Nos melhores métodos para emagrecer não existem alimentos proibidos, isto evita que tenhas ansiedade pela comida, ou que a dieta seja muito restrita e não a consigas  levar a cabo, como ocorre com a maioria das dietas milagrosas. Os métodos para emagrecer mais bem-sucedidos além disso devem ser compatíveis com a tua vida social e não têm efeito rebote, porque não reduzem a velocidade do teu metabolismo.

 

A tua bandeja anti-fome

 

Fazer 5 refeições por dia deve ser a base de qualquer alimentação saudável. Em cada refeição deves ingerir hidratos de carbono, proteínas e gordura insaturada, considera-os o teu triângulo mágico. Os lanches não devem ser uma exceção. Por isso um dos melhores métodos para emagrecer é que prepares a tua bandeja anti-fome, na qual sempre deves ter uma peça de fruta, uma fatia de fiambre magro e uma noz. Podes levá-la onde quiseres, pelo que não tens desculpa para fugir da dieta, já que deves comer a cada 4 horas.

 

Um pouco de exercício

Sempre acompanhado de uma boa alimentação, o desporto é um dos métodos para emagrecer mais saudáveis. Nesta altura já sabes todos os seus benefícios: Estimula coração e pulmões, tonifica os músculos, fortalece os teus ossos, melhora a circulação e a atividade cerebral. É positivo a nível mental já que reduz o stress e aumenta a tua motivação graças à produção de endorfinas e serotonina.

As endorfinas são conhecidas como as hormonas da felicidade e regulam a alegria. Ao libertá-las através do exercício influenciam nos teus níveis de dor física atuando como uma espécie de calmante e também te ajudam a controlar a ansiedade. Produzem-se de forma natural no teu corpo e a sua produção aumenta se fazes exercícios de resistência.

A serotonina é um neurotransmissor que regula as funções do sono, o estado de ânimo e o apetite. Se queres que se converta num dos métodos para emagrecer, deves ter uma alimentação saudável, fazer exercício regular, praticar técnicas de relaxamento como o yoga e dormir pelo menos 7 horas. O stress é um dos fatores que mais baixa os teus níveis de serotonina, bem como a má alimentação e a idade.

Praticar desporto enriquece a tua vida social ao conhecer  gente que compartilha as tuas vitórias. Recomendamos-te que faças, no mínimo, 20 minutos de exercício cardiovascular por dia e 5 minutos de tonificação muscular, tudo isso acompanhado por uma boa dieta para a nutrição desportiva.

 

Truques de motivação

O fator psicológico é muito importante por isso o coaching nutricional é um dos métodos para emagrecer que ajuda a alcançar o objetivo de peso. Com motivação e força de vontade podes conseguir tudo a que te proponhas, parte do princípio de que se nunca tentares, nunca vais conseguir, e tudo o que vale a pena precisa de um esforço, por isso segue estes truques de motivação:

  • Pensa para que queres perder peso: sentir-te melhor, ver-te mais esbelt@?
  • Faz duas colunas, numa escreve o que te impede de começar uma dieta, na outra, as possíveis soluções que podes adotar;
  • Faz uma aposta, quer seja com algum amigo ou familiar ou contigo mesmo. Quando te tocam no orgulho sempre aflora a tua força interior;
  • Quando começares tira uma foto e repete a cada mês. Será um extra de motivação quando vires como vai mudando o teu corpo e vais alcançando o objetivo que persegues;
  • Regista o teu progresso a cada semana. Não te peses todos os dias, para que não seja uma obsessão. Fá-lo em jejum e nu(a). Se puderes mede os teus perímetros da cintura e anca, ajudará a visualizar o teu progresso. Recomendamos-te que descarregues a nossa APP gratuita, para registar os gráficos da tua evolução.
  • Marca um objetivo num prazo de tempo realista. Se não tens uma data limite sentirás que o teu objetivo é muito longínquo, mas se marcas uma data isso servirá de motivação para chegar até ele.
  • À medida que vás cumprindo objetivos, dá-te um presente que não seja comida. A comida nunca deve ser nem um prémio nem um castigo, pode ser um massagem, um perfume ou uma peça de roupa.
  • Rodeia-te de gente positiva, que te anime a continuar e com a qual compartilhes bons hábitos alimentares, receitas saudáveis e novas ou com as quais possas praticar alguma atividade desportiva.
  • Podes publicar as tuas vitórias nas redes sociais para reforçar o apoio dos teus amigos e família.
  • Aponta tudo o que consumes no dia irá  ajudará a ver onde falhas e como o corrigir.

 

Os piores métodos para emagrecer

Nesta altura já sabes diferenciar uma dieta milagrosa de uma dieta saudável. As dietas milagrosas são aquelas que te propõem emagrecer em poucos dias, tirando muitos alimentos ou te dizendo que só consumas de um tipo. Vendem-se como os melhores métodos para emagrecer quando a realidade é que perdes peso à custa da tua saúde.

A perda de peso é à base de líquidos e de massa muscular, como o metabolismo acostuma-se a ingerir poucas calorias e diminui o teu metabolismo basal, assim que voltas a uma alimentação normal sobram mais calorias que antes, que se armazenam em forma de gordura e fazem com que a cada vez te custe mais manter o teu peso.

O teu corpo tem memória, portanto, se fizeste dietas milagrosas, a cada vez que começares uma nova dieta a tua perda de peso será mais lenta. 

 

4 inimigos

Calorias vazias: álcool e açúcar oculto em refrescos, guloseimas, bolachas, sumos empacotados ou bebidas estimulantes. Diminui o seu consumo já que só te fornecem açúcares e maus nutrientes, que estimulam a insulina, o apetite e o armazenamento de gordura corporal.

Gorduras saturadas e trans: substitui a manteiga ou margarina por azeite virgem extra. Evita os pratos pré-cozinhados e os doces industriais.

Stress: em fases de stress o teu corpo libera adrenalina, noradrenalina e cortisol, que provoca um acréscimo da gordura abdominal. Se além disso tomas mais café, ou saltas alguma refeição, aumentará mais o desejo por produtos doces porque somam-se os efeitos sobre a insulina.

Saltar refeições: promove o armazenamento de gordura, já que o teu organismo põe-se em modo poupança. Por isso é tão importante que faças 5 refeições por dia, num intervalo de 4 horas. Se o teu corpo tem um nível de açúcar no sangue equilibrado, a insulina também se equilibra e te permite queimar as gorduras armazenadas.

Se queres saber mais conselhos sobre este e outros assuntos segue-nos nas nossas redes sociais Facebook,  Instagram ou no nosso canal do YouTube.

×
Consulta de Nutrição Online